quinta-feira, 1 de abril de 2010

Moonlight Sonata

Coloco a música Moonlight Sonata de Beethoven. Sento-me diante do computador, acesso meu blog. Não sei o que escrever. Não tenho o que escrever. E não estou nem aí para o que sair neste momento. To com um vazio - e não é fome.

Isso me dá às vezes. Poucas, mas intensas vezes. É uma sensação de perder a vida pelos dedos, como se ela escorresse e eu não conseguisse segurá-la. Uma sensação de que tudo o que fiz até agora nada importou. Talvez seja a música Moonlight Sonata. Talvez seja por que terminei de assistir Desejo e Reparação - um belo e bonito filme por sinal.

E estou aqui. Sentado, ouvindo a música, digitando estas palavras. O mundo lá fora com seus barulhos de carro, motos, pessoas conversando. E meu mundo de dentro, introspectivo, silencioso, ansioso por alguma coisa que nem eu mesmo sei.

Não sei, não sei, não sei mais nada. O que realmente tem valor? O que vale a pena sentir? O que é real e o que é imposto? Quais as dores que podemos suportar com um sorriso? Por que as perguntas atormentam tanto? Queria só poder me desligar um minutinho sequer para esquecer tudo e retomar logo em seguida.

Um comentário:

  1. Muito bom este texto aqui.

    Bom porque me entende. Bom porque me fez sentir aí. Bom porque eu agora estou assim. Anoitece e não há nada para ser escrito em mim.

    ResponderExcluir