quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Há certas coisas...


Há certas coisas pendentes que nos deixam pendentes. Aguardo a nota do Enem. Aguardo o resultado da Ufscar (embora saiba que tenha ido muito mal, tenho uma certa esperança). Aguardo minhas férias.

Há certas coisas que acontecem que mexem com a gente. Mexeu comigo o falecimento de minha tia no final do ano passado. Mexeu comigo o falecimento de Zequinha, meu cachorro. Mexeu comigo essa sensação estranha de fragilidade da vida.

Há certas coisas que nos desmotivam ante a vida profissional. Desmotiva não aprender mais. Desmotiva não ter como melhorar a situação monetária. Desmotiva saber que, por mais que mandemos currículos, as coisas não fluem.

Há certas coisas que nos fazem pensar. Pensar ante tudo o que acontece. Pensar ante o que vemos. Pensar ante a vida que tem essa dimensão estranha de afastamento.

Há certas coisas que não entendemos por que fazemos. Há certas coisas que nos fazem sentir mais perdidos. Há certas coisas que são coisas para serem esquecidas. Há certas coisas que é melhor nem comentar.

Enfim... Há certas coisas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário