quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Anjos do sol


Ontem a noite, por volta das 19h50 rumei ao Cine Estação. A chuva caia, o vidro do meu carro embaçava, o limpador estava em funcionamento. Não achei uma vaga onde gostaria de ter achado, mas consegui em outro lugar. Estacionei, peguei o guarda-chuva, trombei com um primo por parte de pai, cumprimentei-o, e entrei na Estação Ferroviária.

A chuva continuava a correr macia, enquanto eu fui me aconchegando na cadeira. As janelas foram fechadas, o escurinho do 'cinema' começou. A tela brilhou diante de meus olhos e se abriu no filme "Anjos do Sol".

Trata-se de uma produção brasileira (2006), onde é abordado o tema da prostituição infantil no Brasil. A personagem principal - óbvio, o nome é Maria - é vendida num leilão de meninas virgens, vai parar em Socorro, onde é explorada sexualmente na Casa Vermelha por garimpeiros. A história segue, mostrando os mandos e desmandos no corpo de uma criança. Mostra o Brasil sem leis. Mostra a vergonha de tudo o que acontece e não devia acontecer. São os anjos do sol, que perdem o brilho e a infância. Se entregam, antes de tudo, às dores e ao medo. Bela fotografia, excelente sonoplastia, bonita história. Recomendo.

5 comentários:

  1. Perfeito! Até fico arrepiado! Abraços! Márcio Zagallo!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela força!! =) Maby

    ResponderExcluir
  3. Realmente o filme apesar de triste, é mesmo muito bom. Mais dificil é encarar que essa realidade está bem mais próxima de nós do que nós gostaríamos.
    Otimo post Juliano !

    ResponderExcluir
  4. Vou procurar por este filme. Hoje fiquei entre dois filmes nacionais, acabei optando por Coração Vagabundo, doc sobre Caetano. Bacana.

    ResponderExcluir
  5. Está na minha lista de melhores filmes. Muito interessante. Assisti uma vez só e já me conquistou.

    Adilson
    http://ceucaindo.blogspot.com

    ResponderExcluir